Após esse primeiro encontro do Agro Em Rede, que se propõe a juntar diversos profissionais, ativistas e empresas de vários tipos, incluindo Bayer (MonSanto), e outras orgânicas, como a Solo Vivo Orgânicos, Guilherme e Alexandre estavam integrando público aparentemente “desconexos” com o propósito de colaborar realizamos a primeira venda do Caderno de Campo Eletrônico.

Foi durante o almoço com o produtor rural orgânico Reginaldo, da Solo Vivo que a sinergia nasceu.

Viajamos até Ibiúna/SP em Outubro de 2018 para conhecer a Solo Vivo empresa de produção de alimentos orgânicos e ficamos impressionados positivamente com a narrativa exitosa dessa família.

Sistematizamos o processo de acordos para empreender em rede por meio dessa iniciativa da Agro Em Rede de forma espontânea.

AtaAgroEmRede2018


Elaboramos também um cronograma como base do que queríamos empreender nessa jornada.

AtaAgroEmRede2018


Registro de Visita a Solo Vivo